Microscópios na MadeiraOptics

Microscópios na MadeiraOptics

Publicado por Vítor Pestana em

O microscópio é um instrumento ótico com capacidade de ampliar imagens de objetos muito pequenos graças ao seu poder de resolução. Este pode ser composto ou simples: microscópio composto tem duas ou mais lentes associadas; microscópio simples é constituído por apenas uma lente.

Enquanto o microscópio moderno tem muitas partes, as peças mais importantes são as lentes. É através das lentes do microscópio que a imagem de um objeto pode ser ampliada e observada ao detalhe. Um microscópio de luz simples manipula como a luz entra no olho usando uma lente convexa, onde ambos os lados da lente são curvados para fora. Quando a luz reflete de um objeto que está sendo visto ao microscópio e passa pela lente, a mesma se inclina em direção ao olho. Isso faz com que o objeto pareça maior do que realmente é.

Ao longo da história do microscópio, as inovações tecnológicas tornaram o microscópio mais fácil de usar e melhoraram a qualidade das imagens produzidas. O microscópio composto, que consiste em pelo menos duas lentes, foi inventado em 1590 pelos fabricantes de óculos holandeses Zacharias e Hans Jansen. Alguns dos primeiros microscópios também foram feitos por um holandês chamado Antoine Van Leeuwenhoek. Os microscópios de Leeuwenhoek consistiam numa pequena bola de vidro dentro de uma armação de metal. Enquanto alguns microscópios mais antigos tinham apenas uma lente, os microscópios modernos usam várias lentes para ampliar uma imagem. Existem dois conjuntos de lentes tanto no microscópio composto quanto no microscópio de dissecação (também chamado de microscópio estéreo). Ambos os microscópios têm uma lente objetiva, que está mais próxima do objeto, e uma ocular, que é a lente pela qual olhamos. A lente ocular normalmente amplia um objeto para aparecer dez vezes o seu tamanho real, enquanto a ampliação da lente objetiva pode variar.

Os microscópios compostos podem ter até quatro lentes objetivas de diferentes ampliações, e o microscópio pode ser ajustado para escolher a ampliação que melhor se adapta às necessidades do observador. A ampliação total que uma determinada combinação de lentes fornece é determinada pela multiplicação das ampliações da ocular e da lente objetiva que está sendo usada. Por exemplo, se a ocular e a lente objetiva ampliarem um objeto dez vezes, o objeto parecerá cem vezes maior. O microscópio de dissecação fornece uma ampliação menor do que o microscópio composto, mas produz uma imagem tridimensional. Isso torna o microscópio de dissecação bom para visualizar objetos maiores do que algumas células, mas pequenos demais para serem vistos em detalhes com o olho humano. O microscópio composto é normalmente usado para observar objetos no nível celular.

Para visualizar todos os modelos que temos em stock, poderá clicar no link: https://madeiraoptics.com/collections/microscopios

www.madeiraoptics.com

Facebook: MadeiraOptics

Instagram: @madeira_optics

Tel.: +351 291 622 971

WhatsApp: +351 924 485 850


Partilhar esta publicação



← Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente →


0 comentários

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos.